Incentivo para o retorno às livrarias físicas

campanha-ANL

Preocupados com os abalos da Pandemia no comércio de livros em lojas físicas, a Associação Nacional de Livrarias (ANL) promove a campanha “Estamos prontos para novas histórias” que tem por objetivo incentivar as pessoas a voltarem a frequentar as livrarias.

A mobilização parte das midias sociais e estimula os leitores a publicarem em suas redes sociais com a hashtag #eunalivraria sua ida à livraria ou a compra de um livro pelos canais virtuais.

A ANL e a editora Sesi de SP também criaram peças gráficas para que todos os interassados no mercado de livros possam divulgar e engajar as pessoas por meio de encontros virtuais, lives, divulgação de encontros como uma forma de ressaltar este o espaço virtual como um espaço de encontros e de trocas culturais.

É um grande desafio diante de um segmentos que já apresentava sinais de preocupação bem antes da Pandemia. Sabemos que a crise impulsionou o comércio eletrônico e é um caminho sem volta. Por outro lado, a loja fisica é um ambiente que atrai nao apenas pelo produto, mas pelo espaço agradável para conhecer pessoas, espaços ricos de histórias que não podem se perder.

Como bem destacou Bernardo Gurbanov, presidente da ANL, o modelo de negócio das livraria segue para o modelo híbrido, em que a físico e virtual. Esta é uma realidade para quem conseguiu enfrentar a crise. Mais ainda neste momento de retormada. As livrarias físicas devem se preparar para a retomada e o livreiro tem papel fundamental em estimular este retorno.

Fonte: www.anl.org.br
@livrariasanl


Danielle Lacerda

Historiadora e Administradora de Empresas, docente em cursos de graduação. Minhas pesquisas atuais em História circulam entre a história do livro e das livrarias. Também me interesso pelo vínculo da tecnologia digital com a História. Curiosa, colecionadora de livros e histórias perdidas.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search